Chocolate Falchi (1961)

Enganou-se quem imaginou que o maior tesouro do Tio Patinhas era a moedinha número 1. Na verdade, é o chocolate com leite tipo suíço da Falchi.

Honestamente, nunca tinha ouvido falar desse chocolate Falchi. Alguém conhece? Era gostoso?

Admito que fiquei com uma enorme vontade de provar o chocolate favorito do Tio Patinhas.

Gibi Zé Carioca (O Pato Donald apresenta) n. 505
Julho de 1961- Preço da edição: Cr$ 15,00

 

Anúncios

54 comentários sobre “Chocolate Falchi (1961)

  1. paulogibi março 11, 2012 / 3:56 pm

    Também não conhecia este chocolate, e principalmente esta hq que vc apresentou nesta postagem. Como colecionador de gibis Disney adorei esta postagem e salvei esta imagem da hq em minha coleção. Obrigado.

    • Fábio Areias março 11, 2012 / 4:01 pm

      Paulo, esse gibi faz parte da coleção “Anos de Ouro do Zé Carioca” que saiu se não me engano em 1989. Eram 4 volumes com os primeiros exemplares dos gibis Zé Carioca no Brasil.
      Lá tem umas propagandas muito bacanas. Depois vou tentar publicar uma propaganda da Mesbla e dos caramelos Nestlé que encontrei lá. Abraços!

  2. Mario Henrique abril 28, 2012 / 1:14 pm

    Mudando um pouco de assunto o meu Avô, foi o primeiro moorista de caminhão baú da chocolates Falchi, ele se chamava Mario dos Santos, eu tinha meses quando ele faleceu, mas para ter idéia de quem ele era hoje eu e minha familia somos respeitados pela dignidade , simpricidade e carater do meu Avô, inclusive moramos até hoje no mesmo Bairro (Vila Falchi), em Mauá no Grande ABC em SP.

    • Fábio Areias abril 30, 2012 / 10:47 pm

      Maria Henrique, muito bacana mesmo seu depoimento.
      Parabéns pela história de seu avó e é interessante saber um pouco dessa marca chocolates Falchi. Abraços, Fábio

      • Hayllen Cristina dezembro 3, 2015 / 8:06 am

        Aonde consigo encontrar mais sobre a historia dos chocolates Falchi? Preciso para um trabalho, e nao encontro muita coisa.

    • celia dezembro 19, 2012 / 5:09 pm

      Oi Marioi!
      Quase todos da minha familia tambem trabalhamos na Casa Falchi, meu pai era amigo do seu avô e foi ele que indicou o meu pai para trabalhar tambem como motorista de caminhão báu. Tambem moramos na Vila Falchi. Legal ne?????

      • celia dezembro 19, 2012 / 5:12 pm

        Desculpe-me, mas te chamei de Mario.
        Boa noite Fabio.

      • Enzo Papini abril 13, 2016 / 9:49 pm

        Celia, Acabei de postar para o Ruggero :

        Ciao Ruggero,Sou Enzo Papini Filho, neto de Menotti Papini sócio dos Falchi ainda quando a Casa Falchi chamava-se Falchi Papini.Com falacimento de meu avô minha avó Jeannette Hildelbrant Papini ficou com as ações. Meu pai comandou a Filial da Casa Falchi no Rio de Janeiro e meu Tio Armando Fideles Papini ficava em São Paulo. Me lembro muito do meu pai falar em Sr, Ruggero.Fico a sua disposição para quaisquer duvida, Abraços…..Saudades !!!!!!!!

        Enzo Papini

    • Ruggero julho 25, 2014 / 6:17 am

      Ciao Mario! Sou um descendente de Menotti Falchi (proprietário da famosa fábrica de chocolate). Eu sou italiano e eu vivo perto de Florença.
      Menotti Faclhi era meu bisavô. A história de sua fábrica de chocolate sempre me fascinou tanto.
      Meu nome é Ruggero

      • Enzo Papini abril 13, 2016 / 9:43 pm

        Ciao Ruggero,Sou Enzo Papini Filho, neto de Menotti Papini sócio dos Falchi ainda quando a Casa Falchi chamava-se Falchi Papini.Com falacimento de meu avô minha avó Jeannette Hildelbrant Papini ficou com as ações. Meu pai comandou a Filial da Casa Falchi no Rio de Janeiro e meu Tio Armando Fideles Papini ficava em São Paulo. Me lembro muito do meu pai falar em Sr, Ruggero.Fico a sua disposição para quaisquer duvida, Abraços…..Saudades !!!!!!!!

      • Paulo março 17, 2017 / 5:12 pm

        Hi Ruggero,

        Please, could you give your e-mail? I’d like to talk with you about your gran-father (Menotti Falchi), here in Brazil.

        Best regards

      • Maurício Gonçalves abril 23, 2017 / 12:22 pm

        Quando criança minha escola fez uma excursão à fábrica da Falchi. Além de fascinante conhecer aquelas máquinas e esteiras, comemos um bocado de balas e chocolates

    • Enzo Papini abril 13, 2016 / 9:46 pm

      Mario, acabo de postar para Ruggero o seguinte:
      Enzo Papini
      abril 13, 2016 / 9:43 pm

      Ciao Ruggero,Sou Enzo Papini Filho, neto de Menotti Papini sócio dos Falchi ainda quando a Casa Falchi chamava-se Falchi Papini.Com falacimento de meu avô minha avó Jeannette Hildelbrant Papini ficou com as ações. Meu pai comandou a Filial da Casa Falchi no Rio de Janeiro e meu Tio Armando Fideles Papini ficava em São Paulo. Me lembro muito do meu pai falar em Sr, Ruggero.Fico a sua disposição para quaisquer duvida, Abraços…..Saudades !!!!!!!!

  3. MCC junho 5, 2012 / 9:28 am

    Bom, sobre o Chocolate, lembro-me vagamente. ele, assim como o lingote da Kibon e as balas cobertas de chocolate, compradas em confeitaria, fizeram parte de minha infância. Sou de 1952. Minha avô materna trabalhou na Fábrica da Fachi, parece-me que embrulhando os chocolates!

  4. Cleide Moioli Moraes agosto 14, 2013 / 9:25 pm

    Meu nome é Cleide tenho 64 anos, meu pai trabalhou 25 anos na Falchi e minha mãe 15 anos conheço a história da Falchi desde que tinha 5 anos, comi muito chocolate e gostava muito.

    • Jose Augusto de Paula junho 12, 2015 / 3:00 am

      Minha mãe claudete de Paula trabalhou na falchi pouco tempo . E como todos jovens conheceu e se relacionou com um funcionário desta fábrica o Sidney motorista e mecanico da frota em 1976 no ano seguinte saiu da fábrica para se tornar funcionaria pública do hospital . E ao sair da fábrica ficou grávida e ao retornar para avisar o Sidney descobriu que a empresa havia se mudado com os funcionários e nao conseguiu avisa lo. Hoje estou com 37 anos e nunca conheci meu pai e na verdade ele nem sabe que existo .aproveitando a matéria vc que trabalhou na fábrica e o conheceu entre em contato meu imail é grupocunhainspaugusto@bol.com.br
      desde ja grato …

    • Enzo Papini abril 13, 2016 / 9:50 pm

      Cleide, acabei de postar :

      Ciao Ruggero,Sou Enzo Papini Filho, neto de Menotti Papini sócio dos Falchi ainda quando a Casa Falchi chamava-se Falchi Papini.Com falacimento de meu avô minha avó Jeannette Hildelbrant Papini ficou com as ações. Meu pai comandou a Filial da Casa Falchi no Rio de Janeiro e meu Tio Armando Fideles Papini ficava em São Paulo. Me lembro muito do meu pai falar em Sr, Ruggero.Fico a sua disposição para quaisquer duvida, Abraços…..Saudades !!!!!!!!

      Enzo Papini

      • Paulo Castagnet julho 30, 2016 / 4:10 pm

        Enzo, tudo bem?
        Poe favor, seus avós viveram na Avenida Paulista, correto? Você teria algo sobre a residência deles lá?
        pcastagnet73@gmail.com

      • Paulo março 17, 2017 / 4:59 pm

        Enzo, boa tarde! Por favor, você teria um e-mail o tel. para contato?

        Att.
        ,
        Paulo Castagnet

  5. Donato pedro turdo maio 4, 2014 / 9:12 am

    Eu Donato conheço toda istoria da FACHE apo os anos 1940 meu avo, meu pai ,eu trabalharan
    na falche 40 naos eramos empregados de comfiança do sr Emidio, falche e Dr. Helio Falche,
    Qualqer duvida pode ligar que eu estarei a vossa disposição conheço 80% da falche ,

    • Ruggero julho 25, 2014 / 6:33 am

      Ciao Donato ! Io sono italiano e mi chiamo Ruggero e ho 43 anni. Non conosco la lingua portoghese e sto scrivendo col traduttore. Scusa se mi esprimo male.
      Io vivo in Italia, Toscana, Prato. Mio Nonno si chiamava Armando Falchi e era nato a San Paolo nel 1903 ed era figlio di Menotti Falchi e America Papini ( nata a Belo Horizonte ).
      Menotti Falchi era il proprietario della Fabbrica di Cioccolato. Egli fu anche presidente del Palmeiras nel 1920 e mori’ nel 1922 a Firenze. E’ sepolto proprio vicino alla mia citta’.
      Sto scoprendo tante cose su internet. Tante cose che riguardano i miei avi. Essi si stabilirono a Vila Prudente.
      La mia mamma mi racconta ancora che quando era bambina i parenti che avevano la Fabbrica spedivano in Italia la famosa cioccolata per farla assaggiare. era buonissima.
      Era fondente e dura.

    • Ruggero julho 25, 2014 / 6:33 am

      Olá Donato! Eu sou italiano e meu nome é Roger e eu tenho 43 anos de idade. Eu não sei o idioma Português e estou escrevendo com o tradutor. Desculpe se eu me expressar mal.
      Eu moro na Itália, Toscana, Prato. O nome do meu avô era Armando Hawks e nasceu em São Paulo em 1903 e era filho de Menotti Hawks e América Papini (nascido em Belo Horizonte).
      Menotti Hawks era o proprietário da Fábrica de Chocolate. Ele também foi presidente do Palmeiras, em 1920 e morreu ‘, em 1922, em Florença. E ‘enterrado ao lado da minha cidade “.
      Eu estou achando tantas coisas na internet. Tantas coisas que se relacionam com os meus antepassados​​. Eles se estabeleceram em Vila Prudente.
      Minha mãe me diz que, quando ele ainda era uma criança parentes que tinha enviado para fora da fábrica na Itália para fazer seu famoso sabor chocolate. foi muito bom.
      Estava escuro e duro.

    • Daniela maio 16, 2015 / 2:05 pm

      Donato tudo bem, você poderia me ajudar minha mãe trabalhou na Falche por volta do ano 1967 ela perdeu a carteira de trabalho e agora para se aposentar não consegue comprovar os anos trabalhados, pelo que vi nos comentários ela foi vendida para a lacta, você poderia me auxiliar como poderia estar fazendo para estar conseguindo alguma documentação para comprovar os anos trabalhados dela, desde já agradeço! Daniela Leão

    • Hayllen Cristina dezembro 3, 2015 / 8:10 am

      Aonde consigo encontrar mais sobre a historia dos chocolates Falchi? Preciso para um trabalho, e nao encontro muita coisa.

    • Simone santos outubro 19, 2016 / 10:17 am

      Oi dr donato com trabalhou muitos anos será que poderia me ajudar a achar um funcionário que era mecânico seu nome era Sidnei , meu esposo é filho dele e tem um sonho e conhecer ele ,ele e minha sogra namorada por muito tempo e ela na época engravidou dele mais quando descobriu que estava grávida não estavam mais juntos e ela não mais teabahava la quando ela voltou pra dar a notícia , ficou sabendo que ele havia saído da empresa , e ão nunca pode contar que estava grávida e nem ele sabe que tem um filho hoje ele eata com 39 anos , e pelo que a ma dele fala ele é a cópia do pai dele por favor se poder me ajudar me dar uma pista vou ficar muito feliz em poder realizar o sonho do meu esposo

  6. Mariana Deckers abril 4, 2015 / 12:05 am

    olá a todos. Sou filha de Johannes Deckers que emigrou em 1951 para o Brasil e foi diretor da Casa Falchi até ela ser vendida para a lacta por volta de 1968. Cresci na fábrica, comi muitos de seus chocolates e vi o início dos ovos de chocolate Falchi, dos bombons Gianduia, das balas Toffee e das balas de menta Pipper. Tenho ótimas lembranças , o chocolate era muito gostoso principalmente quando comido na linha de produção ao sair das formas. Queria muito fotos da fábrica. Lembro bem do meu pai falando dos srs Emidio e Helio Falchi e tb do sr Papini. Que alegria encontrar pessoas na internet que trabalharam na Falchi.

    • Jose Augusto de Paula junho 12, 2015 / 3:06 am

      Ola… Mariana tenho minha triste história a qual estou a procura do meu pai Sidney que também trabalhou nesta fábrica caso vc puder de alguma forma me ajudar meu imail é grupocunhainspaugusto@bol.com.br

      Obrigado Deus abençoe .

    • RUGGERO janeiro 7, 2016 / 4:08 pm

      Olá Mariana . Estou muito feliz em conhecê-lo . Certamente Emidio foi o irmão mais novo de Menotti Falchi ( presidente do Palmeiras em 1919/1920 , o presidente dos Falchi Chocolate Factory e avô de minha mãe )
      Minha mãe tem agora 75 e corre a farmácia onde eu trabalho.
      LA é chamado Farmácia Farmácia Falchi em Prato ( Toscana ) , Italy.
      Mr. Papini você menciona talvez Fedele Papini era meu tataravô .
      Na verdade Fedele Papini era pai de Menotti Falchi e tornou-se um parceiro de Menotti no início do século XX.

    • Enzo Papini abril 13, 2016 / 9:51 pm

      Mariana, acabei de postar para o Ruggero

      Ciao Ruggero,Sou Enzo Papini Filho, neto de Menotti Papini sócio dos Falchi ainda quando a Casa Falchi chamava-se Falchi Papini.Com falacimento de meu avô minha avó Jeannette Hildelbrant Papini ficou com as ações. Meu pai comandou a Filial da Casa Falchi no Rio de Janeiro e meu Tio Armando Fideles Papini ficava em São Paulo. Me lembro muito do meu pai falar em Sr, Ruggero.Fico a sua disposição para quaisquer duvida, Abraços…..Saudades !!!!!!!!

      Enzo Papini

      • Paulo outubro 6, 2016 / 4:07 pm

        Enzo, boa tarde.
        Por favor, poderia entrar em contato comigo?
        pcastagnet73@gmail.com

        att.,

  7. Celia Regina de Falchi julho 17, 2015 / 3:22 pm

    Não tenho muito conhecimento da minha família Falchi, só sei que meu pai nato de Penápolis em SP, veio para Santos/sp, filho de Luiz de Falchi e de Luiza Roscioli, caso alguém conhecer, entre em contato crfalchi@hotmail.com

  8. Sonia Maria Ferreira de Carvalho setembro 30, 2015 / 10:26 pm

    Ola! Pessoal, eu trabalhei na Falchi no ano 1973,era situada na rua 25 de Janeiro no bairro da Luz, conheci várias pessoas entre elas Rita de Cassia Rebolla que provavelmente ja está aposentada se conhece essa pessoa ou trabalhou nesta firma no mesmo ano entre em contato sm.carvalhoi@bol.com.br.Tenho muitas saudades desse tempo.

    Sonia

    • neide rodrigues abril 8, 2016 / 1:38 pm

      trabalhei tbm na casa Falchi no ano de 1980,foi otimo lembro com carinho

  9. Marcos Saraiva outubro 3, 2015 / 4:39 pm

    Olá boa tarde a todos, Eu sou o Marcos.
    Vendo estes relatos hoje 03 de Outubro de 2015, confesso que as lagrimas rolaram.
    A Falchi foi meu primeiro emprego em 2 de Fevereiro de 1979 eu tinha acabado de completar 14 anos, entrei para trabalhar como ajudante geral com aquele lindo uniforme branquinho, mas trabalhei como ajudante por apenas 1 mês, como estudava mecânica aos sábados fui promovido para trabalhar na manutenção de maquinas auxiliando Jonas na sessão de embalagem da Gloria, e passei a usar um novo uniforme Azul.
    Tudo era maravilhoso nos finais de semana nos reuníamos com alguns colegas da fábrica para irmos aos bailinhos ao som dos Embalo de Sábado a Noite com as danças frenéticas de John Travolta.
    Mas o que mais marcou a minha vida nesta empresa foi que ali conheci uma garota chamada Marli e depois de muitos olhares foi em numa tarde de quinta-feira no parque da Luz ao som da música da Rita Lee Mania de Você (“Meu bem você me agua na boca”), Que meus lábios se encontraram com os dela, foi a coisa mas maravilhosa que me acontecia até então.
    Ela era filha de um dos mecânicos de manutenção da época, passamos algum tempo nesta paquera e curtindo aquele momento, mas logo depois eu sai da empresa e não tivemos mais contato, tenho certeza que se ela ler este depoimento ela irá lembrar deste momento que creio ficou marcado em nossa história para sempre, um grande Beijo Marli C L.

    • Vera Cardoso março 31, 2016 / 5:06 pm

      nossa eu lembro do Jonas,marcos, eu trabalhava la nessa época eu era das maquinas de moedas eu lembro que o Jonas tinha um ajudante bem novinho o Jonas era muito legal D, Gloria nossa encarregada gente boa demaissss minha nossa que sdd

  10. Donato Pedro Turdo outubro 25, 2015 / 9:21 pm

    Mariana Deckers filha Sr Jones Deckers eu sou Donato Pedro Turdo meu avo trabalhou de 1940 a 1949 meu pai trabalhou 1945 a 1970 e eu Donato Pedro turdo
    trabalhei 1949 a 1970 tenho 80 anos com boa saude ainda trabalho em minha firma de maquinas de chocolates
    ..
    Mariana meu pai foi o motorista de comfiaça Sr. Emildio Falche 35 anos e Dr Helio Falche ,meu pai foi buscar em santos o dr,Deckers e a familia quando chegaran no brasil lembro -quando veceis foran morar na av duque de caxias e deois p/ pirituba se não me falha a memoria trabalhei muito com seu pai.muitas estorias na Falche, espero que seu pai esteja bem —de saude
    Donato pedro Turdo

    • Hayllen Cristina dezembro 3, 2015 / 8:13 am

      Aonde consigo encontrar mais sobre a historia dos chocolates Falchi? Preciso para um trabalho, e nao encontro muita coisa.

    • RUGGERO janeiro 7, 2016 / 4:24 pm

      Olá Donato .
      Eu não posso acreditar . Seu pai era o motorista de Emidio Falchi ? Inacreditável .
      Emidio Falchi se eu não me engano , ele se tornou presidente do Chocolate Falchi fábrica após a morte de seu irmão mais velho Menotti Falchi . em 1920 .
      Menotti Falchi foi o avô de minha mãe. Na verdade, minha mãe ligou e Fernanda Falchi e ‘ filha de Armando Falchi nascido em São Paulo. Armando e filho Falchi ‘ Menotti Falchi .
      Menotti Falchi esteve no Brasil 11 anos para o fim do século XIX e começou ” a trabalhar na fábrica com seus tios .
      Esta relação abrirá ‘ mente.
      Leia bem . Aqui começa a história da minha família brasileira .

      https://pt.wikipedia.org/wiki/Vila_Prudente_(distrito_de_S%C3%A3o_Paulo )

    • RUGGERO janeiro 7, 2016 / 4:27 pm

      A história da Vila Prudente começou no início do século XVI com a doação de uma sesmaria a João Ramalho, para que ele a povoasse. Depois de três séculos, em 1829, o negociante João Pedroso adquiriu lotes e formou na área sítios de recreio, nos quais criava gado e plantava árvores frutíferas. Aos poucos, ele foi ampliando os limites da área, que passou a englobar os baixos do Zimbaúba (atuais Vila Zelina, Vila Bela e Jardim Independência).

      A fundação de Vila Prudente ocorreu em 4 de outubro de 1890. Foi neste ano que os imigrantes italianos Irmãos Falchi (Emiídio, Panfilio e Bernardino Falchi), com auxílio do financista Serafino Corso, compraram a gleba de terra de Martinha Maria, viúva de Antônio Pedroso e instalaram a primeira indústria da região, a Fábrica de Chocolates Falchi. O nome do bairro (e distrito) vem da admiração que os irmãos Falchi, proprietários na época da fundação, tinham pelo então presidente da República Prudente de Morais, que havia sido o primeiro presidente do estado de São Paulo (de 14 de dezembro de 1889 a 18 de outubro de 1890) após a proclamação da República. Ela pode ser vista, talvez superdimensionada, na planta de Gomes Cardim, de 1897.[2] O bairro passou a ser atendido por uma linha de bonde em 1912, partindo da Praça Padre Damião, e indo para a Praça da Sé. A linha, de número 32, foi desativada junto com o resto da rede na década de 1960.

      Este argumento “retirado do WIKIPEDIA.ORG

      • Armando Fernandes Junior abril 20, 2016 / 12:42 pm

        Rugero, trabalhei com decorações para um Snr.FALCHI , então arquiteto.Então foi de grande valia.Eu conheci o pai dele, cujo nome não me lembro, e que era muito amigo de meu pai.Sempre que ele vinha em minha casa portava uma enorme quantidade de balas de leite(toffi).Tenho visto aqui pelo GOOGLE, e com muito desprazer como nós brasileiros damos pouco valor a nossa memoria.Hoje estou tentando localizar o Arquitetio HELIO FALCHI..Será que a gente consegue?.Armando Fernandes Junior

      • Paulo Castagnet julho 30, 2016 / 4:13 pm

        Ruggero, Hi!
        Please, your granfather had lived in Avenida Palista, isn’t it? Do you hava some documents or pictures about the house were he lived?
        If you has, please, contact me pcastagnet73@gmail.com
        best regardfs

  11. Maria Virgínia Coelho Bine fevereiro 10, 2016 / 8:15 pm

    Fiz um comercial para televisão dos chocolates falchi, provavelmente entre 1964 e 1965. Contracenei com o ator e comediante Walter Stuart. Devia ter uns 5 anos . Não tivemos fala. Ele era um ladrão que na calada da noite pulava a janela do meu quarto e roubava um tablete de chocolate do meu criado mudo! Tenho procurado sem sucesso esse vídeo pela Internet. Se alguém tiver por favor deixe um recado!

  12. Vera Cardoso março 31, 2016 / 1:47 pm

    Ola eu me chamo Vera Cardoso trabalhei na falchi no ano de 1977 até 1979 conheci muitas pessoas bacanas entre elas Walter Justino, Jorge Diniz Edna Sandra Regina Loide Ramos e tenho muita saudades meu email veracardoso2013@hotmail.com

    • jose Augusto de paula maio 1, 2016 / 1:32 am

      Vera ou amigos presente.depois desta época final dos anos 70 para qual local a fábrica se mudou .

      • Vera Cardoso outubro 4, 2016 / 8:50 am

        oi Jose, eu trabalhei no ano de 19 77 ate 1979 ela ficava na rua 25 de janeiro na estação da luz, depois ela foi vendida pra sonksen eu cheguei a trabalhar na sonksem também ficava próximo a estação de metro são Joaquim

  13. jose Augusto de paula maio 1, 2016 / 1:27 am

    Ola vera .vc se lembra de um funcionário chamado Sidney ele era mecânico da fabrica.

    • Vera Cardoso outubro 4, 2016 / 8:44 am

      olá Jose , olha faz muitos anos é difícil lembrar dos nomes, mas de mecânico eu lembro que tinha o jorge , o Valdir que era encarregado , jonas, marcos, não me lembro do Sidnei.

    • Jose Augusto de paula outubro 18, 2016 / 12:00 am

      Oi vera tudo bem fico feliz por vc ter respondido ao meu comentário vou verificar com a minha mãe esses nomes que vc passou 77 foi o ano que nasci .minha mae ja havia saido da falchi ela até procurou a fábrica mas ela havia se mudado de local e ela não foi mas atras .que pena mais ainda tenho esperança de encontralo muito obrigado Deus abençoe. ..

  14. Maria de Fátima Camargo agosto 19, 2016 / 5:38 pm

    Boa tarde.
    Meu nome e Fátima, por favor entre em contanto comigo, trabalhei na fabrica Falchi em 1977, e não deram baixa na minha carteira de trabalho estou para me aposentar e não conta a saída dela e deve ter ficando com a carteira na Firma porque desapareceu ou mande por E-mail meu E-mail e faticamar@hot mail.com o mais rápido possível… Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s