Caloi (1979)

O recado que uma geração de pais teve que aguentar de forma insistente (principalmente no Natal): Não esqueça a minha Caloi.

Até o Cebolinha fez parte do coro. O negócio era mesmo vencer pelo cansaço.

E olha que naqueles tempos as crianças não tinham tanta voz para exigir algo dos pais…

*Publicado em Capitão América número 7- Dezembro de 1979 (Contribuição do amigo Péricles Chiarelli)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s