Ioiô Nut Crem (1995)

Ioiô Nut Crem

Em 1995 quem não tinha Nutella, caçava com Ioiô Nut Crem.

Nos dias atuais provavelmente 95% das pessoas escolhem Nutella como o melhor creme de avelãs do mercado, mas até que o humilde Ioiô Nut Crem resiste bravamente nas prateleiras de supermercado.

Às vezes é bom ir contra a corrente e torcer por uma minoria! Avante Ioiô Nut Crem!!!Publicado em Magali número 159- Julho de 1995- Preço da edição R$1,00

Kinder Ovo (1995)

 

Quando lançado em 1994 o Kinder Ovo foi um grande sucesso entre as crianças com a combinação “chocolate-brinquedo-surpresa”.

O chocolate em si tinha muita gente que amava e muita gente que odiava. Era um sabor diferente do que nossos paladares estavam acostumados. Mas o grande diferencial mesmo era o brinquedo surpresa e as coleções.

Saudades das coleções de duendes, leõezinhos, navios de miniatura, tartarugas, hipopótamos, fantasminhas, etc, etc, etc.

Publicado em Cebolinha número 108- Dezembro de 1995- Preço da edição R$1,50

Talheres Disney da Berle (1978)

Talheres Disney da Berle

Quando eu era criança eu tinha uma mania de só comer com um garfo de “estrelinhas”, que era uma peça solitária de um jogo de talheres antigo. Ele era maior e mais bem acabado do que os outros garfos que minha mãe possuía.

Se esses talheres Disney estivessem disponíveis nos anos 80, talvez o meu garfo de estimação não seria o de estrelinhas, e sim o do Mickey…. ou do Pluto…

Publicado em Almanaque Disney 85 – Ed. Abril – Junho/1978 – Cr$ 12,00

Mini Game Tec Toy Chico Bento- A Fuga das Galinhas (1992)

No mesmo ano em que foi lançado o jogo “Mônica no Castelo do Dragão”, a Tec Toy aproveitou e lançou um humilde mini-game para o Chico Bento.

A história não é lá muito emocionante: a Giselda e suas companheiras fugiram com todos os ovos e o Chico precisa recuperá-los.

Honestamente, preferia enfrentar o Capitão Feio no meu Master System. Pena que infelizmente comigo a Mônica nunca terminou o jogo. Pobre dentucinha!!!
Publicado em Chico Bento número 153- Novembro de 1992

Gibi Leandro e Leonardo (1992)

Gibi Leandro e Leonardo

Devia ser meio estranho ir até a banca e escolher entre os gibis da Mônica, Pato Donald, Jaspion, Superman e… Leandro e Leonardo.

Em tempos pré-internet, personalidades e programas que faziam muito sucesso viraram gibis (Xuxa, Faustão, Gugu, Chaves, Jaspion, Os Trapalhões, Pelezinho, Angélica, Sérgio Mallandro, etc).

Ao que parece “virar gibi” saiu de moda (não lançaram ainda a “Turma do Neymarzito” ou “As aventuras de Telózinho”). Segundo minhas memórias a última personalidade que virou HQ foi o Ronaldinho Gaúcho.Importante destacar que em 1992 o sertanejo romântico de Leandro e Leonardo disparava em todo o Brasil com o grande hit “Pense em Mim”. Por que não aproveitar a onda e lançar um gibi?Confesso que não comprei nenhum gibi da dupla. De qualquer forma, cantemos todos junto: “Vamos pegar o primeiro avião, com destino a felicidade. A felicidade…”

Publicado em Magali número 91- Dezembro de 1992- Preço da edição: Cr$7.500,00

Tostines Recreio (1983)

Tostines Recreio

Uma propaganda de Tostines Recreio de 1977 já foi postada em nosso blog:https://propagandasdegibi.wordpress.com/2012/09/16/recreio-tostines-1977/

Encontramos uma de 1983 e notamos o seguinte: Os 5 sabores continuavam os mesmos. O tamanho da embalagem também.

Infelizmente, a maquiagem de produtos é coisa que existe de uns 15 anos para cá. Hoje as bolachas wafer são tão finas que esfarelam na mão.Em 1983 ainda não existia nem mesmo o famoso slogan de Tostines: “Vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?” Nostalgia mode on. Chega até a dar saudade da escola…
Publicado em Batman nº 67 – Março de 1983 – Editora Ebal – Cr$ 150,00

Smarties (1995)

Um dos produtos da Nestlé mais obscuros no Brasil. Alguém se lembra dele?

Lançado em 1995, os confeitos de chocolate da Nestlé duraram pouco tempo nas prateleiras nacionais (acho que um ou dois anos). O líder da categoria era o Confeti da Lacta e não sei se o produto era importado ou se o problema foi que não caiu mesmo no gosto tupiniquim.

Segundo o site Mundo das Marcas, o Smarties ainda está presente em 90 países. Mas no Brasil necas…(e olha que ainda nem existia M & M´s no país)

Publicado em Magali número 159- Junho de 1995- Preço da Edição R$1,00