Tesouro do Faraó Estrela (1990)

Tesouro do faraó Estrela.

É impressionante como alguns grandes impérios dos anos 1980 representam hoje muito pouco ou quase nada perto do que já foram. Empresas como a Olivetti, Kodak e Estrela (pelo menos no Brasil) eram algumas das minhas referências de grandes empresas e lideres absolutas de mercado.

A relação entre gibis e quadrinhos é óbvia. A Estrela deve ter sido um dos maiores anunciantes de gibis durante a década perdida (só o onipresente Instituto Universal Brasileiro deve ter feito frente aos investimentos da Estrela nos gibis…hehehe). Quase tudo que era novidade nas prateleiras de brinquedos aparecia também nos papéis coloridos  das histórias em quadrinhos.

Será que um dia a Apple dirá para a Kodak “eu sou você amanhã”? Ou será que daqui 30 anos o iPad será tão jurássico quanto um Pense Bem? Acho que esses segredos nem o faraó sabe…

Publicado em Magali número 33- Setembro de 1990- Preço da edição Cr$40,00

Anúncios

Um comentário sobre “Tesouro do Faraó Estrela (1990)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s