Jogos Coluna- Turma da Mônica (1990)

Brinquedos Coluna

Sou de um tempo em que Black Friday era nome de filme B de terror.

Presente era só UM no Natal e UM no aniversário (e uma lembrancinha no Dia das Crianças). Até mesmo por isso, fiquei muito feliz quando ganhei o meu Espelho Mágico (um dos brinquedos desta propaganda) no Natal de 1990.  Não era o melhor brinquedo do mundo, mas era um presente.

É um absurdo esse consumismo dos dias atuais… não sei onde isso vai parar… e…e… só um momento… acho que encontrei um smartphone em promoção no site do Submarino!!! Beleza!!!

Publicado em Cascão número 102- Dezembro de 1990- Preço da edição Cr$60,00

Anúncios

Extra, extra! Agarraram o Gugu (1989)

gugu-gibi-claudete

 

Gente, fiquei sem palavras para comentar esta propaganda! Primeiro porque nem lembrava que uma vez a Abril chegou a publicar este gibi. E segundo porque a chamada sensacionalista e o desenho do Gugu fantasiado de Tarzan me deixaram atônita. Os comentários estão abertos a quem tiver algo a dizer.

Publicado em Luluzinha número 180 – 1989 – Preço da edição NCz$ 0,45

——————

Texto:

A Claudete conseguiu agarrar o GUGU!
O que uma fã número um não faz pra conquistar seu ídolo, hein? Só que a Claudete foi longe demais… até a selva! Esta aventura você não pode perder! Nas bancas, o número 10! Revista do GUGU em quadrinhos.

Ping-Porc (1987)

Image

Duas são as teorias por trás da criação deste singelo joguinho.
A 1º seria para tentar melhorar a imagem dos pobres porquinhos.
Sempre retratados como animais sujos e depois do papel desempenhado em “A Revolução do Bichos”, os porcos resolveram contratar uma assessora de marketing pra dar um “UP” na imagem da sua classe.
A 2º seria a seguinte epifania de um estagiário: Já pensou se a história dos Três Porquinhos não tivesse um Lobo Mau?!?! No seu lugar haveria um quarto porco! Todos eles teriam o superpoder de soprar (que nem o Lobo) e eles jogassem pingue-pongue sem raquetes?!?!

Publicado em Pato Donald 1798 – Cz$ 14,00 – Out/87

Volks Bate e Volta (1977)

Image

 

Fuscão preto, vermelho, o clássico branco e o mais clássico ainda azul calcinha… Ah!! Os anos 80!!! 
Sempre que me lembro dessa época uma palavra me vem na cabeça = Simplicidade! Talvez por conta da idade ou talvez por puro saudosismo. Pensar que um fusquinha dava conta de um atendimento médico ou de transportar um meliante… Viva o Fusquinha!

Publicado em Mickey 296 – Cr$ 6,00 – Jun/77

Falcon (1979)

Image

Estava aqui exercitando a imaginação…
Como seria uma propaganda do Falcon se ele fosse um brinquedo lançado na época da Proclamação da República?!?!?
Seria algo parecido com = Junte-se ao Falcon e ao Marechal Deodoro e vamos juntos proclamar a República!!??
As letras miúdas do anúncio seriam = O boneco de D Pedro é vendido separadamente.

Publicado em Flash Gordon 2 – Cr$ 22,00 – Abr/79

Melissinha Fashion da Marisol (1990)

Melissinha Fashion Marisol (1990)
Melissinha Fashion Marisol (1990) 

Saudades da época em que uma Melissa era mais acessível. Hoje em dia, eles conseguiram transformar um sapato de plástico em objeto de moda, pra justificar o valor pelo design (e não pelo material). Enfim, mas essa propaganda é da Marisol, uma marca de roupas de malha, que em 1990 pegou carona no sucesso da sandália e lançou uma linha de vestidos e outras peças para meninas. A propaganda é da W/Brasil. Chique, não?

Publicado em Luluzinha número 187 – 1990 – Preço da edição NCr$ 9,00

——————

Texto:

Recorte a abelhinha da Melissinha pra você colar por aí. E recorte a roupinha da Melissinha pra você descolar de presente.

Melissinha Fashion by Marisol.

 

Snoopy e a Poupança Comind (1985)

Poupança Comind & Snoopy (1985)
Poupança Comind & Snoopy (1985)

Mais uma propaganda da linha “peça para o papai”. Se a campanha “compre Baton, compre Baton” foi suspensa pelo Conar, o que dizer desta que usava personagens fofos como Snoopy, Woodstock e Linus para estimular a abertura de uma conta poupança com alta liquidez? Ah, e ainda eles distribuiam brindes dos personagens para os poupadores. Justo, não? Abusiva ou não, eu adorava os comerciais com o Snoopy feliz dançando!

É curioso reler o texto abaixo sabendo que fim levou o Comind: o banco que em 1974 era o sexto maior do país, em 19 de novembro de “transformou-se na maior falência da história bancária brasileira”.

Publicado em Luluzinha número 132 – 1985 – Preço da edição Cr$ 2000

——————

Texto:

Você pode não saber o que é investimento com liquidez. Mas o seu pai gosta muito disso.

Todas as poupanças têm alta liquidez. A poupança Comind tem alta liquidez com a segurança de um banco que tem idade para ser seu bisavô: o Comind. Liquidez quer dizer que o dinheiro que o seu pai depositar poderá ser retirado quando for preciso. Mas o bom mesmo é o dinheiro ficar lá rendendo e crescendo mês a mês. Isto é um bom motivo para se ter uma Caderneta de Poupança Comind. Mas não é o único. Se o seu pai ou você não têm uma Caderneta de Poupança Comind, peça a ele para abrir. Ele vai gostar de saber que você já pensa como gente grande.

A Poupança Comind está distribuindo brindes para seus poupadores. Ganhe você também.

Poupança Comind

Entre para a família que deu certo.