“Novo Comics” Mickey – Nestlé Yopa (1997)

Associar os personagens Disney com um bom sorvete, parece ser mesmo um ótimo negócio.

Hoje em dia não vemos mais isto na mídia, por que será?

Mas aconteceu de verdade, no final da década de 90 com a Yopa e este picolé do Mickey.

Como diz o próprio slogan “O sorvete para comer brincando!”

Publicado em Mônica nº131 (Editora Globo) de nov/1997 – R$ 2,20

Lápis de cor aquarelável Faber- Castell (1997)

 

iPad? Smartphone? Playstation 3? Tablet? Que nada… meu sonho de consumo era ter uma caixa desses lápis de cor aquareláveis de 36 unidades.

Infelizmente só tive as caixas com 12 e 24 lápis de cor. Eles sempre apareciam naquele “pacotão” de início de ano em que os pais compram de uma só vez o material escolar para o ano inteiro: 5 canetas azul bic, 4 lápis preto n°2, 2 borrachas brancas, 1 borracha colorida (metade vermelha, metade azul), 1 cola Tenaz (ou Pritt), 8 cadernos, plástico para os cadernos, plástico para forrar a carteira, régua de acrílico, etc, etc, etc…

Não podia reclamar da caixa com “apenas” 12 lápis de cor. Afinal de contas acho que boa parte do décimo-terceiro dos meus pais iam embora com o presente de natal e o material escolar do início do ano. (fora os livros didáticos que eram outra facada para os bolsos deles)

Talvez as tais 36 cores eram uma extravagância apenas para as famílias mais abastadas. Não era o meu caso…

Publicado em Chico Bento número 283- Novembro de 1997- Preço da edição R$1,40

Tazos (1997)

Tazos

Tazos, Zaps ou Caps  eram pequenos discos de plástico colecionáveis que eram oferecidos como brinde nos salgadinhos da Elma Chips ou nos chicletes Ping Pong… O que eu estou fazendo?! Com certeza, todos aqui sabem (e tem muitas histórias pra contar) muito bem o que um Tazo era!! Verdadeira febre na década de 90!  Só consigo imaginar o que os Tazos representaram para as vendas da Elma Chips!! Houveram diversos tipos, acessórios e coleções de Tazos aqui nessas terras. Respectivamente, tinha os tazos normais, os voadores, os masters… tinha o Tape Tazo, o Pega Tazo, o Porta Tazo… tinha do Looney Tunes, dos Animaniacs, do Máskara, do Pokémon… Participei ativamente do que chamo da 1º fase dos Tazos (seria a série do Looney Tunes). Lembro como eram os recreios e até o horário da saída do colégio. Só se via pequenos amontoados de alunos distribuídos, aquele silêncio que precede uma grande embate, a tensão no ar antes do arremesso que poderia tanto lhe garantir a grande vitória ou a mais amarga das derrotas (e bolsos mais leves na volta pra casa)!! E vocês? Quais eram as coleções que vocês tinham? Quantos amigos perdeu ou ganhou por conta dos combates? Quantas vezes foi pra casa a pé só pra economizar e comprar mais salgadinhos??

P.S = Na onda do sucesso do filme dos Vingadores, a Elma Chips está oferecendo novamente os Tazos em seus produtos (só que de maneira um pouquinho diferente. Agora eles são virtuais!!!)

Publicado em Mônica 124 – Abr/97 – R$ 2,00