Muki Decalques de brinde (1973)

muki-toons-decalques

O achocolatado Muki era feito pela Kibon. Provavelmente eles deviam ter uma propaganda que falava que tomar leite com Muki deixava as crianças fortes, porque os meninos da minha classe viviam falando que tinham muque (ie. músculo, flexão de músculo, bíceps), fazendo aquela típica demonstração com os braços a la Popeye.

De qualquer maneira, para estimular os pais a comprarem 2 vidros de Muki de uma vez (sim, a embalagem era de vidro naquela época), fizeram uma promoção que dava decalques de brinde.

Decalques eram uma mania. O modelo antigo precisava de água quente para a imagem se soltar. Este, mais moderno, vinha até com a explicação no gibi. Bastava passar o lápis por cima do acetato que o desenho se fixava no papel.

E nesse brinde ainda vinha o cenário, para colocar onde quisesse os personagens na historinha.

Bons tempos!

Publicado em Pato Donald, no. 1132, ano 1973, Cr$ 0,80

Anúncios

Vale brinde Toddy (1978)

toddy-embalagem-vidro

Em 1978, essa propaganda foi uma sensação por causa dos prêmios que podiam ser encontrados graças ao vale-brinde de Toddy: televisores, bolas, bonecas, rádios, jogos de botão, bicicletas (uau!) e pebolim (mais uau ainda!).

Agora 40 anos depois, em 2018, o sucesso é poder relembrar a embalagem de vidro do Toddy. Graças ao tamanho do pote em relação a página do gibi, dá para ver os detalhes da tampa de metal, o rótulo e as curvas do vidro marrom.

Deu até água na boca!

Publicado em Zé Carioca, ano XXVIII – no. 1383 – Cr$ 3,50 – 1978

Nescau – Bolas Grátis (1966)

Pato Donald 766_QP_32

Juntar rótulos e enviar por carta para trocar por prêmios! Quem nunca? Nas décadas de 80 e 90 isso era muito comum (este que vos escreve fazia isso com toda promoção que encontrava) mas pelo jeito a prática vem de décadas antes!

Nescau sempre foi um dos campeões nesse tipo de promoção. Bora juntar 10 rótulos?

Publicado em Pato Donald 766 – 12/07/1966 – Cr$ 150

Achocolatado Brown Cow (1985)

browncow
Achocolatado Brown Cow

A eterna guerra dos achocolatados nem sempre teve Nescau & Toddy como protagonistas. Alguns guerreiros valentes também fizeram por merecer a sua posição de destaque nesse embate.

O achocolatado Brown Cow era líquido, e não em pó. Dissolvia relativamente fácil no leite, tinha um sabor encorpado e consistente, e era bem docinho. Eu experimentei na época e gostei!

E para os saudosistas de plantão, o produto voltou a ser vendido. É possível encontrar até hoje nas prateleiras de mercados da rede Extra e Pão de Açúcar. Eles tem até página no Facebook. Faz um tempinho que não é atualizada, mas vale o registro: Brown Cow no Facebook

Publicado em Almanaque Disney 164 – Janeiro/1985 – Cr$ 1800,00

Nescau (1999)

Image

Será que o pessoal que criou essa propaganda teria se inspirado naquele clipe do N Sync – Its gonna be me (Não me julguem!!)???
Ou foi exatamente o contrário?!?! Mais um caso de “qualquer semelhança seria mera coincidência”??

O melhor são as letras miúdas do anúncio = Isto é apenas uma dramatização. Você não vai encontrar nenhum ser humano encolhido sendo vendido por aí.

Publicado em Batman 36 – R$ 2,50 – Out/99

Toddynho (1991)

Monica 60- Cr$900,00 dez 91 2

Um slogan que gosto muito: Seu companheiro de aventuras

E realmente o Toddynho foi um bom companheiro em minhas leituras nas aventuras do Professor Pardal, Zum e Bum, bruxa Meméia e outros.

*Obs: alguém escreve a palavra “história” da forma como aparece no anúncio? Pelo pouco que sei, tanto história quanto estória estão corretos, mas acho que nos dias atuais quase ninguém escreve “estória”. Estou correto? Conte aqui a sua estória!

Publicado em Mônica número 60- Dezembro de 1991- Preço da edição Cr$900,00