Revista Escola para professores (1973)

revista-escola-professores-1973

Reparem:
– no avental branco, uniforme dos professores. Algum de seus professores usava? Na minha escola apenas os de Química.
– na câmera fotográfica do professor. Será que era para parecer que ele era moderno e atualizado tecnologicamente? Este anúncio é de 1973, não tinha celular, bips ou pagers
– nas carteiras escolares. Na sua classe era assim?
– nos exemplos de matérias da revista. O melhor de todos: “Por que os alunis escrevem tantos palavrões?”.

Publicado em Cebolinha, ano I, no. 12, Cr$ 2,00, 1973

Anúncios

Lancheira e Estojo Atma (1966)

Atma

A inocência de uma época onde se levava para a escola a “garrafinha de leite tampada com rolha”, bem como “compasso e transferidor” na lista de materiais.

Algumas coisas curiosas sobre a propaganda:

  • O destaque para o “plástico inquebrável” dos produtos;
  • A inclusão de um mapa-mundi no estojo para ajudar as crianças;
  • O fato de o produto ser desenhado e não existir uma foto real dele. Em 1966, usar uma foto em um anúncio devia ser um trabalho muito caro. Lembrem-se de que não existia computadores pessoais e programas de edição de imagem, o que certamente encarecia muito o serviço. Um desenho deveria ser mais fácil de publicar.

Sentiu-se velho? Já parou para pensar que para um adulto nos anos 80, essa já poderia ser uma propaganda nostálgica? É, meus amigos… esse anúncio tem nada mais nada menos do que mais de meio século de existência.

É o Blog Propagandas de Gibi trazendo de volta o passado para vocês!

Publicado em Pato Donald 766 – 12/julho/1966 – Cr$ 150