Família Polly Estrela (1977)

familia-polly-brinquedos-estrela

Quem lembra da Família Polly? De certa forma até lembram os bonecos do Lego, mas foram lançados no Brasil bem antes, em 1977 pela Brinquedos Estrela.

Os corpos eram montados com blocos e podiam ser modificados. Os braços eram articulados e as mãos tinham formato em U para segurar.

Além de bonecos, as peças podiam formar casas, carros e outros elementos de uma cidade.

Publicado em Zé Carioca, ano XXVIII, no. 1365 – Cr$ 3,00 – 1977

Anúncios

Inventinhos da Mimo (1980)

brinquedo-inventinhos-mimo-montar

Inventinhos da Mimo, o brinquedo de montar nacional dos anos 80. Era nossa alegria antes da chegada do Lego!

Quem aqui teve?

Saudosistas ainda podem encontras as peças, kits ou jogos completos no Mercado Livre.

Publicado em Cebolinha, no. 88 ano VIII 1980 CR$ 22

Parquinho de papel da Mônica

Uma das coisas mais legais da minha infância eram estes brinquedos de destacar e montar.

Certeza que eu tive esse parquinho de diversões de papel.

Estes kits de montar eram vendidos nas bancas em papel cartão mais duro, por isso era possível fazer estas engenhocas mais avançadas como roda gigante, carrossel, gira gira e balanço… tudo em papel!

Maravilhoso!

(sem nome e ano da publicação do gibi)

E você, não vai brincar de Lego? (1986)

Propaganda de Lego (1986)
Propaganda de Lego (1986)

Confesso que fui atingida na veia pelos primeiros anúncios de Lego que começaram a aparecer nos gibis. Os publicitários acertaram perfeitamente na mensagem. Desde que vi o ‘mundo de possibilidades’ que o brinquedo permitia, eu gamei! Pedi o meu para o papai, como eles adoravam escrever, e brinquei longas tardes e finais de semana com as pecinhas coloridas. Foi um dos meus brinquedos favoritos, essa propaganda trouxe ótimas recordações.

Publicado em Almanaque da Turma da Mônica número 31 – novembro 1986 – Preço da edição Cz$ 7,00

——————

Texto:

A Camila fez um gatinho.
O Júnior fez um teco-teco.
O Alex fez um navio.
E você, não vai brincar?

Vamos brincar de fazer um mundo de coisas? Então vamos. Peça para o papai os brinquedos de montar Lego. Eles são tijolinhos coloridos para encaixar uns nos outros. E têm dois jeitos de montar: copiando dos desenhos que vêm na caixa ou criando o que quiser. Imagine que dá para fazer até cidades inteiras com eles! Não é superlegal brincar disso? Brinquedos de montar Lego. Com eles, você vai fazer coisas ainda mais bonitas do que o gatinho da Camila, o teco-teco do Júnior, o navio do Alex… LEGO. Todo dia uma nova brincadeira. Produzido na Zona Franca de Manaus.

Lego (1987)

Lego Legoland Space

LEGO (ou o melhor brinquedo do mundo)!!

Em dinamarquês Lego significa “brinca bem”. (Esse jogo de palavras foi feita pelo criador com as palavras leg godt.)
Em latim significa “eu armo”, “eu junto” ou “eu monto” (isso aqui foi descoberto só depois!)
Se tinha um brinquedo capaz de me “ocupar” por tardes inteiras, esse brinquedo era o Lego.
Lembro que tive um que (originalmente) era uma cidade.
Tive também um posto policial (com direito a helicóptero)e um castelo com um fantasma que brilhava no escuro.
Automaticamente, esses kits me davam acesso à armas estelares, postos policiais assombrados, policiais e cavalos fantasmas, naves, carros, motos, prédios, dinossauros, robôs…
As possibilidades sempre eram infinitas e a hora de brincar sempre acabava com um “Olha o que eu fiz, mãe!”

E o Lego hoje em dia?

Posso dizer que ele encontrou seu espaço nessa era da internet, games e tablets.
Sabiam que temos até parques temáticos do Lego?!
Acabei de descobrir isso e já coloquei uma visita na minha lista de prioridades!

Publicado em Fantasma Especial 16 – Cz$ 21,00 – Out/87