Linha dos Vilões Disney Phebo (1980)

Zé Carioca 1477_QP_02
Linha dos Vilões Disney Phebo

A Phebo sempre lançou linhas de shampoos e produtos com a turma da Mônica, desde a década de 70 até a década de 90, mas essa foi a única que eu vi que foi lançada com personagens Disney.

Achei uma bela sacada terem fugido dos tradicionais personagens (Donald, Tio Patinhas, e colocado os vilões… alguns deles poucos conhecidos hoje, como o Dr. Estigma.

Mas….. o que o Urtigão e a Clarabela estão fazendo aí nesse meio? O Urtigão pode ser um velho ranzinza, mas só é vilão na opinião do Peninha. E a Clarabela é meio chatinha, mas… quem não é? rsrs

Ponto positivo para Shampoo da Madame Min (que ironicamente tem o cabelo ruim), Creme Rinse (Condicionador) da Maga (que tem o cabelo super liso – acertaram na mosca!), Creme Dental do João Bafo-de-Onça (veja se tem cabimento um negócio desses!) e Bronzeador do Mancha Negra! E o Sabonete do Urtigão? Para quem não sabe, a urtiga é uma planta que dá muita coceira em contato com a pele. Sensacional! Uma sacada melhor que a outra.

Uma pena que esses produtos não estejam mais na prateleira dos mercados, meros 36 anos depois do lançamento. Droga! Alguém me arrume um DeLorean urgente, por favor!

Publicado em Zé Carioca 1477 – Fevereiro/1980 – Cr$ 7,00

Phebo Turma da Mônica (1978)

Já se foram uns bons (e infelizmente muitos) anos em que usava meu Shampoo da Mônica para tomar meu demorado banho daqueles em que ficava até o dedo enrugar (se a Sabesp soubesse…).

Agora não uso mais um shampoo que não irrita os olhos. Tenho que usar um anti-caspa com cheiro de adulto. A vida sempre sempre em frente, o que se há de fazer?

Publicado em Mônica número 92- Outubro de 1978- Cr$9,00

Monica 102- Cr$9,00 outubro 1978

Linha dos Vilões Disney da Phebo (1980)

Zé Carioca 1477_QP_02
Linha dos Vilões Phebo Disney

E não é que o dia das crianças já está quase chegando?!
Isso mesmo! Chegou a hora de presentear suas filhas/sobrinhas/vocês mesmas com aquela linda Barbie Loira Contadora Bem Sucedida e/ou seus filhos/sobrinhos/vocês mesmos com o Max Steel Rei do Lar e Bom Esposo!!
O que?!?!
Vocês não ficaram sabendo dessas novidades ou nem sabiam que já estávamos nessa época?!!?
Não entendi!
Vocês não viram nenhuma propaganda sobre eles ou qualquer outro brinquedo?!
Isso deve ter acontecido por causa da resolução elaborada pelo Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) e aprovada pelo governo no primeiro semestre deste ano. De acordo com essa resolução, é abusiva a publicidade que incentive a criança a consumir determinado produto e/ou serviço fazendo uso de linguagem infantil, efeitos especiais, excesso de cores, trilhas sonoras de músicas infantis ou cantadas por vozes de criança, representação de criança, pessoas ou celebridades com apelo ao público infantil, personagens ou apresentadores infantis, desenho animado ou de animação, além de bonecos ou similares, promoção com distribuição de prêmios ou de brindes colecionáveis ou com apelos ao público infantil e promoção com competições ou jogos com apelo ao público infantil.
De acordo com a Conanda, a publicidade de produtos para crianças poderá continuar a existir, mas deverá ser direcionada aos adultos!
O que acham?
Será que a publicidade de brinquedos e produtos para crianças encontrou o seu fim?!
Será que é certo o governo interferir dessa forma na liberdade de expressão e de criação das crianças de hoje em dia?!
Será o fim do Propagandas de Gibi?!?!
” つつぐ”

P.S = Sobre a propaganda = qualquer semelhança com a realidade…

Publicado em Zé Carioca 1483 – Cr$ 10,00 – Abr/80

Linha da Mônica Phebo (mini gibi)

Phebo, Linha da Mônica
Phebo, Linha da Mônica

Os produtos da Linha Infantil da Mônica (Phebo) são um clássico aqui no site, já tivemos vários anúncios publicados, que continuam sendo muito buscados. Mas este de tamanho mini é o primeiro. Ele apareceu em um mini-gibi do Cascão – medindo 7 cm de altura. Para ter uma ideia, colocamos ao lado de um gibi de tamanho normal só para comparar. Vinha de brinde com a revista do Cascão n.63 (ano indefinido) – o Almanaque da Turma da Mônica está na foto apenas como referência.

Comparação de tamanho dos gibis
Comparação de tamanho dos gibis

Linha Phebo Turma da Mônica (1975)

Phebo 2

Havia um antigo comercial que dizia que “liberdade é uma calça velha, azul e desbotada”. Até que faz sentido… mas na minha infância felicidade mesmo era tomar um banho após brincar o dia inteiro na rua com esse shampoo de formato estranho, tampa amarela e suave perfume.

A propaganda retrata o lançamento da linha Phebo Turma da Mônica. Uma multidão de crianças correram para o super-mercado (com hífen mesmo, como na propaganda) e conheceram uma linha própria para o público infantil que marcou época.

Mas foi a Paula a primeira que viu. Em 1975!

Phebo Turma da Monica

Publicado em Mônica número 62- Junho de 1975- Cr$2,50

Linha Phebo Turma da Mônica (1992)

Linha Phebo Turma da Mônica

Em tempos que não existiam tantas marcas importadas, os produtos da Phebo eram muito presentes nas “pharmárcias” e supermercados.

A linha da Turma da Mônica apresentava um número razoável de produtos: shampoo, talco, colônia, lavanda, oléo, sabonete e escova de dente. As embalagens também são bem marcantes.

Era difícil uma casa com crianças não ter um produto turma da Mônica no banheiro.

Publicado em Cascão múmero 142- Junho de 1992

Creme Dental Turma da Mônica Phebo (1976)

Creme Dental Turma da Mônica Phebo

Podia até não oferecer a “máxima proteção anticáries”, nem combater a gengivite, tampouco oferecia 12 horas de total proteção, acho que não removia o tártaro e também não possuía cristais branqueadores. Mas e daí?

Quantos dentes infantis não foram protegidos pelo creme dental da Turma da Mônica despejados em cima de uma escova dental daquelas bem duras? Após um pedaço de goiabada, um balde de pipoca, um copo de Nescau (ou Toddy), um Ping Pong, etc, etc, etc…

Confesso que apesar de me lembrar desse creme dental não me lembro muito bem do “gosto” dele (diferentemente do saudoso Kolynos). Mas de qualquer forma sei que milhares de cáries foram protegidas em tempos que nossa pátria mãe gentil possuía índices de desenvolvimento terríveis.

Publicado em Tio Patinhas número 134- Setembro de 1976