Vale brinde Toddy (1978)

toddy-embalagem-vidro

Em 1978, essa propaganda foi uma sensação por causa dos prêmios que podiam ser encontrados graças ao vale-brinde de Toddy: televisores, bolas, bonecas, rádios, jogos de botão, bicicletas (uau!) e pebolim (mais uau ainda!).

Agora 40 anos depois, em 2018, o sucesso é poder relembrar a embalagem de vidro do Toddy. Graças ao tamanho do pote em relação a página do gibi, dá para ver os detalhes da tampa de metal, o rótulo e as curvas do vidro marrom.

Deu até água na boca!

Publicado em Zé Carioca, ano XXVIII – no. 1383 – Cr$ 3,50 – 1978

Nescau – Bolas Grátis (1966)

Pato Donald 766_QP_32

Juntar rótulos e enviar por carta para trocar por prêmios! Quem nunca? Nas décadas de 80 e 90 isso era muito comum (este que vos escreve fazia isso com toda promoção que encontrava) mas pelo jeito a prática vem de décadas antes!

Nescau sempre foi um dos campeões nesse tipo de promoção. Bora juntar 10 rótulos?

Publicado em Pato Donald 766 – 12/07/1966 – Cr$ 150

Picolé Yopa (1980)

Yopa-02

Alguns amigos meus não entendem a minha revolta ao encontrar frases de biscoito da sorte chinês nos palitos de sorvete! “Mais convites para sair, menos convites para reuniões.”
“Não existe caminho certo para a felicidade, mas o atalho é feito de sorvete.”

Fizeram isso para substituir o famigerado “Madeira de Reflorestamento”, com certeza. Mas bom mesmo era tirar “Vale outro picolé Yopa”. Eu nunca ganhei a bicicleta ou o gravador (embora quisesse muito) mas perdi as contas de quantas vezes ganhei outro picolé. Era emocionante! A sensação era de ter ganhado na loteria. Era como se o meu dinheirinho da mesada, ganho a duras custas, estivesse sendo investido em ações e elas tivessem dobrado de valor.

Por isso, queremos novamente “a verdadeira fábrica de prêmios.” A Yopa virou Nestlé, então temos certeza de que a fábrica está firme e forte.

Afinal, de frases motivacionais, as redes sociais estão cheias….

Publicado em Mônica 119 (Editora Abril), março de 1980 – Cr$ 22,00